09/09/15

Resenha: Sérum revitalizante de Vitamina C da The Body Shop



Eu não mencionei no post sobre o hidratantede vitamina C, mas essa linha é composta por cinco produtos: hidratante com FPS 30, gel de limpeza esfoliante facial, esfoliante microdermoabrasão, spray energizante facial e o sérum revitalizante.

Esse spray energizante até me chamou a atenção, mas como eu não uso muito esse tipo de produto e já tinha pegado outros dois mais carinhos, acabei deixando para uma próxima.

Voltando então para a resenha, de acordo com a marca esse sérum tem ação antioxidante e promete uma pele mais radiante, macia e aveludada.


Eu confesso que gostei bastante desse produto!! Ele parece um primer e deixa a pele suuuuper aveludada e macia! Tanto é que ele pode ser usando tanto à noite como um sérum noturno, quanto de dia, como um primer para maquiagem.  

A The Body Shop o classifica como um gel, o que não deixa de ser verdade, já que a textura é bem levinha e parece um primer siliconado, só que um pouco mais fluido.  Além disso ele espalha super bem e tem um cheiro cítrico incrível!!


Quanto ao efeitos prometidos, eu senti uma diferença considerável na minha pele, que ficou bem mais macia e um pouco mais uniforme e luminosa. E ao contrário do hidratante, o sérum não deu nenhuma reação. Aê!!!!

Eu tenho usado esse produto somente à noite. Até porque, no modo de uso eles indicam usar de dia ou à noite, ou seja, aparentemente, não é recomendado usar duas vezes ao dia. Estranho talvez, mas prefiro seguir as indicações.....

Outro ponto que achei estranho é que se você passar o sérum sobre a pele limpa e depois vier com o hidratante por cima ok! Maaaas, se fizer ao contrário, conforme for passando o sérum, ele vai esfarelando no seu rosto. Achei muito estranho e não entendi o porquê. Mas também não é algo de se desesperar, basta inverter a ordem e tudo ok.

Como eu disse, só tenho usado esse produto à noite, então não posso avaliar se ele funcion bem como um primer, e se realmente segura a maquiagem. Mas um ponto bem interessante que notei, é que os meus poros, localizados no nariz e um pouquinha nas bochechas, deram uma diminuída considerável. Ah! A embalagem é um ponto positivo também, porque como tem pump evita desperdícios.


Bom, embora o produto seja super atrativo, o preço não é muito não. A embalagem com 30ml custa R$120,00 e está disponível nas lojas físicas e virtual da marca. Ainda que seja um produto mais caro, pela diferença que eu senti na minha pele acho que valeria a pena continuar usando. Veremos....




08/09/15

Resenha: Hidratante Facial FPS 30 de Vitamina C da The Body Shop



E lá vou eu de volta à The Body Shop! Rsrsrsrs. Essa linha foi uma das mais esperadas aqui no Brasil e teve o lançamento super comemorado. Como eu nunca havia experimentado, fiquei bastante curiosa em saber o ‘qualéqueé’ dela.

A proposta da linha toda é bem bacana, já que por ter vitamina C, os produtos tem ação antioxidante, além de prometerem luminosidade e maciez à pele.

Eu achei esse hidratante facial muito interessante, já que além de um hidratante, ele tem FPS 30 e função anti-idade. Ao invés de passar três produtos, basta usar um só com as três funções! É ou não é super atrativo?


Bom, já faz umas duas semanas que venho usando esse produto e, embora não possa dizer muito sobre a ação anti-idade, já que para isso precisaria de pelo menos uns 3 meses de uso contínuo para sentir algum efeito, já posso trazer algumas impressões que tive ao longo desses quinze dias.


O hidratante tem uma textura bem cremosa, mas, apesar de ser mais denso, espalha muito bem! Sério, eu fiquei bem surpresa em como só um pouquinho de creme espalha tanto. Quanto a como ele se comporta na pele, embora ele demore um pouquinho para secar, ele seca e não fica grudento.


Maaaaaas, como nem tudo na vida são rosas, ao longo do tempo eu sinto um certo incômodo na pele, é uma sensação de “peso”, no sentido de que dá para sentir que tem um creme no rosto sabe?

Além disso, embora eu tenha dito que ele não fica peguento, a pele fica meio brilhante. Não é um brilho de viço, uma luminosidade, é brilho de oleosidade sabe? Não curti muito isso não.

Fora isso, logo que eu passo o hidratante sinto o meu rosto esquentar um pouco. A pele não chega a ficar vermelha e arder de fato, mas ela dá uma esquentadinha e depois passa.

O cheiro desse hidratante é uma coisa à parte! É super gostoso!! Ainda que ele não tenha a vitamina C oriunda da laranja, já que a The Body Shop usa extrato de Camu Camu (planta de origem amazônica), o cheiro é incrível! Não sei dizer se eles usam fragrância de laranja ou se essa planta tem um cheiro parecido, mas é maravilhoso! Juro!

Como eu disse lá em cima, ainda não posso avaliar a função antioxidante e anti-idade, mas achei a hidratação dele bem boa e se mantém ao longo do dia.

Com relação à maciez e lumiosidade, eu notei que a minha pele ficou mais macia e mais viçosa. Mas para ser bem sincera, acredito que seja resultado do combo desse hidratante com o sérum revitalizante da mesma linha (aguardem que a resenha já está na fila hein!) que venho usando. De qualquer forma, eu acredito que ele funciona sim, mas talvez não tenha a mesma intensidade se for usado sozinho.

Como eu já apontei, ainda que esse creme não fique grudento e escorra, apesar de deixar uma sensação meio estranha no rosto ao longo dia, eu não sei se ele é uma alternativa boa para quem tem pele mista a oleosa. Acho que pode ser uma boa pedida para a galera da pele normal a seca. Mas também, tudo é questão de gosto e de testar cerrrto?

A embalagem com 50ml custa R$89,00 e pode ser comprada tanto nas lojas físicas quanto na loja virtual. Para ser bem sincera eu achei ele bem carinho e não compraria de novo. Tudo bem que ele rende bastante e vai durar um bom tempo, mas acho que existem no mercado produtos tão bons quanto e com preço mais justo.




02/09/15

O que usei em Agosto


E vamos a mais um post de usados do mês porque Agosto rendeu bastante!! Rs.




1. Esfoliante de pedra-pomes (Granado)
Não curti muito esse produto, ainda que os outros dessa linha Pink sejam incríveis. Ele é muito fino e aguadinho e mesmo seguindo as instruções (a esfoliação tem que ser feita com o pé seco) eu não achei que ele esfolia o suficiente.
A embalagem com 80g custa R$17, e pode ser comprada em farmácias, lojas de cosméticos ou na loja virtual da Granado.

2. Creme de limpeza facial de Vitamina E (The Body Shop)
Já fiz resenha dele (aqui) e achei muito bom! Como ele mantém a hidratação, quem tem a pele mais sensível pode usar numa boa. Eu prefiro usá-lo mais no verão, já que os cremes/géis de limpeza que uso normalmente são mais hidratantes que esse, o que é uma boa pedida para a época do inverno, quando a pele fica mais seca.
A embalagem com 100ml custa R$42,00 e está à venda nas lojas físicas e virtual da marca.

3. Hidratante reparação para pele extrasseca (Natura Sou)
Esse creme foi meio que amor e ódio! Rsrsrs. Eu gostei do poder de hidratação dele, e de como ele seca rapidinho e não deixa a pele úmida e grudando. Mas o cheiro, juro!, não conquistou. Eu achei muito doce e enjoativo. Acho que eles poderiam deixar um pouco mais suave.
A embalagem com 200ml custa R$11,90 e está à venda tanto pelas revendedoras, quanto pela loja virtual da marca.

4. Shampoo brilho extremo (Pantene)
Esse shampoo é sensacional! Ele limpa muito bem, deixa o cabelo super soltinho, brilhante e muuuuuito cheiroso. Eu adoro e tenho usado sempre, até porque nunca tinha usado um shampoo qu não seja para cabelo oleoso e que limpa tanto sem ressecar.
A embalagem com 400ml custa em torno de R$16,00 e pode ser encontrado em farmácias, supermercados e lojas de cosméticos.

5. Creme de mãos de amêndoa (L’Occitane)
Sério, esse creme de mãos é ma-ra! O cheiro de amêndoas é divino, e ele hidrata muito a pele, e sem melecar! Sério, é muito bom mesmo! O único “defeito” é o preço né? Rsrsrs
A embalagem com 30ml custa R$39,00 e pode ser encontrado nas lojas físicas e virtual da marca.

6. Creme de hidratação profunda (Avon Footworks)
Esse creme é muito bom!!!! Ele hidrata muito bem o pé, principalmente o calcanhar, que é uma região mais ressecada. O cheiro é super suave e apesar de ser um creme com a consistência mais grossa, ele seca rápido. Eu gosto de usá-lo como uma ‘máscara’, ou seja, antes de dormir eu passo uma camada bem grossinha e visto uma meia. No dia seguinte a pele já está muito mais hidratada e mais macia.
A embalagem com 90g custa R$16,99, e está à venda com as revendedoras via catálogo ou pela loja virtual da Avon.

7. Desodorante Dermoaclarant (Dove)
Eu tenho um sério problema com as axilas que sempre ficam manchadas e escuras. Antigamente eu usava um desodorante da Garnier que resolveu meu problema mas, que de uma hora pra outra, depois de alguns anos usando, começou a manchar ainda mais. Por causa disso passei a usar esse desodorante da Dove e recomendo! As manchas ainda não saíram por completo, mas já têm clareado bastante! Eu recomendo!!
A embalagem com 100g custa em torno de R$14,00, 00 e pode ser encontrado em farmácias, supermercados e lojas de cosméticos.




24/08/15

Resenha: Batom líquido matte da Vult



Eu sei que estou beeeem atrasada com essa resenha, mas ainda acho que é melhor fazê-la atrasada ao invés de deixar de lado. Ceeeerto? Então vamos que vamos!!

De acordo com a Vult, esse batom líquido alia a “praticidade do gloss com a sofisticação do efeito matte”, garantindo uma textura confortável nos lábios.

Bom, confortável ele é, e muito! Tanto que nem parece que estou com batom líquido matte na boca. Ele não resseca, não esfarela e não mancha.

Eu não tenho todas as cores porque haja boca para tanto batom né? Mas as duas que comprei representam muito bem o produto.


Não foi proposital, mas sem querer acabei com um tom nudezinho e um roxo bárbaro! Eu ainda queria o vinho poderoso, mas como não consegui comprar, vai ficar para uma próxima....

O nude, cor 01, é o mais claro da cartela e puxa para o rosadinho. Em mim ele não ficou tão apagado, mas isso vai depender muito do tom de pele e até da cor dos lábios de quem vai usar.


Eu comparei ele com os nudes mais próximos que tenho em mãos e achei que ele é até meio parecido com o batom Passando Blush para TBlogs, enquanto que os demais acabam puxando levemente para o coral.

Da esquerda para direita: cor 01 (Vult) – cor 25 (Vult) – Minimalism (NYX) – Requinte Mate (Contém 1g) – Passando Blush (TBlogs)

Já o roxinho, cor 04, é muito lindo!, ele não é um roxo puro como o Heroíne da MAC, já que tem um leve fundo rosado, mas nem por isso deixa de ser um roxinho escândalo!


Dentre os batons que eu selecionei para essa comparação, o Uvali da Quem disse Berenice? é o mais próximo. Os demais ou são um pouco mais claros (Fabi Santina para TBlogs e Roxuva da QDB), ou mais puxado para o vinho (Looosho da Marina Smith by 2beauty) ou mais azulado (Trendy Twins para TBlogs).

Como eu não tenho o Heroíne da MAC, não tenho como comparar. Mas, considerando que o Trendy Twins seja um bom dupe dele, o da Vult não chega nem perto do roxo sensação da MAC.

Da esquerda para direita: cor 04 (Vult) – Fabi Santina (TBlogs) – Uvali (Quem disse Berenice?) – Roxuva (Quem disse Berenice?) – Looosho (Marina Smith by 2beauty) – Trendy Twins (TBlogs)

O que diz respeito a textura, o batom líquido da Vult é mais cremoso, tem uma ótima cobertura e não fica manchado. Mas, como tudo na vida tem um porém, ele demora um pouco mais para secar, se comparado aos batons líquidos da Dailus, por exemplo, e não fica com a aparência 100% matte. Ele fica sim sequinho, mas não é igual ao da Dailus, o que, para mim, é maravilhoso.

Então, você!, que compartilha da minha aflição em sentir seus lábios suuuuper secos e com farelinhos do batom líquido, esse é o seu produto! Rsrsrsrs.

Brincadeiras à parte, ele é bastante confortável e tem uma duração bem ok. No último teste que fiz, passei o roxo pela manhã, e fiquei até o horário do almoço com ele intacto. Passado o almoço, ainda que tenha saído a maior parte do batom, ainda restou um pouco de cor nos lábios, já que esse pigmento tende a “manchar” a pele, só saindo por completo com demaquilante.

Com relação ao cheiro, ele é meio adocicado mas, na minha opinião, nada enjoativo. Além disso, você só vai sentir enquanto aplica o batom, porque depois o cheiro some.

Ao todo, a Vult lançou 8 cores do batom líquido matte. A embalagem do batom é igual à do gloss (mais comprida e fina, se comparada às outras embalagens de batom líquido) e custa em torno de R$20 a R$25,00. Se você quiser ver a resenha e os swatches das outras cores, dá uma olhadinha nos blogs Pausa para Feminices (aqui e aqui), e Mania Vaidosa (aqui).